Um papo com Cassio, campeão do Regional RJ 2018!

1) Parabéns pelo torneio! Qual a ideia por tras da sua lista?

Resposta: Essa lista foi montada baseada em uma lista do João Gouveia aqui do RJ, contra a qual joguei pelos menos três vezes, ganhando uma e perdendo duas. O João usa com Cruise Missiles, depois de nossa terceira partida de treino, perguntei por que não colocar Harpoon? Ele disse que não usava porque os Harpoons dele não tinham chegado. Eu que já gostava de jogar com as Scurrgs, inclusive participando do Open RJ com triplo Scurrgs, vi ali uma chance de jogar com elas e ainda ter uma nave que poderia protegê-las, porém o maior desafio foi aprender a jogar com a Jumpmaster, pois nunca tinha jogado com ela e fazendo algo que nunca tinha feito antes, que é ter obrigação de fazer bloqueios efetivos para que as Scurrgs pudessem fazer o trabalho delas.

2) O que viu no meta que seria mais complicado para você?

Resposta: Obviamente Arc-Dodgers e Gunboats com Harpoons.

3) Quais match-ups você acha que seriam os mais fáceis?

Resposta: Achei que listas de Jousters, que precisam voar em formação, seriam relativamente mais favoráveis.

4) Como foi sua preparação para o torneio?

Resposta: Quando decidi jogar com esse arquétipo, vi logo de cara que nunca tinha obtido um resultado expressivo, na verdade só tinha sido usado em campeonato 3 vezes, uma no USA (colocação 19), uma no Canada (colocação 49) e com o João no Store do RJ. Decidi usar a lista uma semana antes do carnaval e percebi logo de cara que seria um desafio jogar direito com a Jumpmaster. Charles Pierre teve que parar um treino que eu estava fazendo no CT de Nova Iguaçu com o Delfim, para praticamente pegar minha mão e fazer a manobra correta para realizar o bloqueio mais efetivo. Depois disso ainda continuei não me sentindo muito confortável com a Jumpmaster, mas não tinha mais nada na cabeça para jogar. Então aproveitei alguns poucos treinos com Pupu, André e o próprio João. Aproveitando para agradecer a todos os citados e também ao pessoal do ES, da Liga Capixaba, por me aturar, treinar tanto e jogar tantos torneios no ano passado.

5) Agora tem um bye para o nacional… acha que sua lista continuará competitiva mesmo com o que vem na próxima wave (talvez tenhamos swarms rebeldes de volta)

Resposta: Acredito que pode ser competitiva, porém tem muita coisa legal chegando por aí.

6) Com o que mais treinou, ou só considerou a sua lista?

Resposta: Tentei Dash/Miranda e Nym/Miranda, sendo a Miranda a piloto que realmente gostei de usar e que depois do nerf, percebi que seria difícil usar da forma que usava antes com Cluster Mines.

7) Nos fale do torneio. Como foi a sua campanha no suíço?

Resposta: No primeiro round, enfrentei o Paulo Victor com Ghost/Low, uma partida muito difícil contra um adversário muito habilidoso que já havia ganhado de mim no último Store do RJ e com uma lista que eu ainda não tinha conseguido vencer. Após uma grande peleja consegui sair vencedor.
No segundo round Rey/Lo do Eduardo Felipe, eu já conhecia essa lista graças a 1 partida contra o Pupu, sabia da força de ataque monstruosa da Rey junto com a resiliência do Lowhhrick. Foi um jogo bem técnico, um sufoco para matar o Lowhhrick e no final tinha sobrado uma Scurrg full, Rey do Eduardo com 2 pontos de casco e um token de Harpoon. Mesmo ganhando por pontos, não adiantava tentar fugir pois a Falcon tinha EU, logo teria que destruí-la. Os ataques teimavam em não entrar e a Rey batendo tudo que podia, logo no primeiro match-up entre os dois, o Lok consegue em um ataque um Hit e um Crítico, estando fora do arco da Rey a R3, eis que o Eduardo rola 2 dados e consegue as 2 esquivas necessárias para salvar a vida da Rey e não triggar o Harpoon, logo depois o Lok teve mais uma chance de vitória com um ataque de Autoblaster porém no rolamento veio apenas 1 hit sendo insuficiente para matar a Rey. Uma derrota vendida muito cara, mas ainda assim uma derrota.
O terceiro round foi contra Luis Gama e uma lista de triplo Bomber com misseis e bombas. Ele veio justando conseguiu derrubar uma Scurrg, porém a fragilidade das Bombers foi um fator determinante para que eu conseguisse sair vitorioso.
Quarto round e decisivo foi contra o Pupu e outro Rey/Low. Já sabia que seria muito complicado, tinha perdido o segundo round para uma lista idêntica. Ele começou abrindo mão de colocar no arco justamente para fugir do block do Scout, restou para mim atacar o Lowhhrick enquanto ele focou em derrubar um Lok. No segundo engage o Low caiu, assim como uma das Scurrg, o jogo estava ruim para mim nesse momento. Consegui soltar o segundo Harpoon na Rey e ele foi para cima da outra Scurrg que ainda estava full. Depois de mais um engage tenso, a Rey com 3 de vida tomou um Autoblaster de 2 hit indefensáveis e o Scout finalizou a fatura com 1 hit e felizmente para mim, a Rey do Pupu não fez igual a do Eduardo, não conseguiu esquivar nem com rerrol da habilidade dela junto com o dado do Finn. Dados verdes, quem nunca?
Passado o extremo sufoco com Pupu no quarto round os dois saíram tiltados demais, eis que veio a iluminação de como jogar corretamente com a lista. Meu desejo era conseguir ganhar os dados do top 8. Fui fumar e quando venho passando, infelizmente um dos caras mais regulares jogando no cenário do Rio de Janeiro me chama. Herbert fiz: Ei Cássio, pode sentar aqui, eu e você no quinto round. Eu pensei, ferrou. Vou só sentar, jogar e perder. Porém como havia dito veio a iluminação. Depois de um jogo muito correto, consegui ganhar e para minha própria surpresa sem perder nave alguma. Rumo aos dados!

8) E nas eliminatórias?

Resposta: Com meu difícil objetivo cumprido que era chegar ao top 8, junto com a confiança de ter ganho bem o 5 round, fui enfrentar pela 3 vez do dia Rey/Low com Eder Sousa de SP, por sinal um cara humilde e simpatico que já haviamos conversado entre um cigarro e outro na área de fumantes. Agora eu sabia já exatamente o que fazer e como ele veio justando, ficou tranquilo levar a lista a mais uma vitória sem perder nave.
Top 4 já estava garantido, as réguas estavam garantidas também, quando o emparelhamento coloca meu Padawan Bruno Franco contra mim. Com uma lista que eu já conhecia há bastante tempo e que ele estava fazendo excelentes partidas no regional. Não havia sofrido derrota em pontos, apenas um final salvo. Aguardei pacientemente por uma falha, quando aconteceu, ele posicionou o Pure Sabacc a R3 de um Lok e nenhuma nave dele tinha arco para ela. Depois de um Harpoon, comecei a fazer o trabalhos para chegar a vitória. Mais uma vez sem perder nave.

9) Como foi a final? 

Resposta: Fui para a final contra o Gilvan (que também ja havia me ganhado no Open) já sem nenhuma responsabilidade. Tinha conquistado tudo o que queria e o Bye para o Nacional não me atraia tanto quanto os dados e as reguas, afinal eu nunca ia esperar conseguir chegar tão longe com uma lista tão improvável. Porém eu estava ali e estava confiante, era uma lista de justa, novamente a que mais favorece a minha lista. Depois de fazer uma volta no fim da mesa, atrás do Gilvan, virei fazendo 4 reto e jogando o Scout para cima para iniciar os bloqueios. Depois de matar o Lowhhrick, destruí também a Jess Pava que teimou em não morrer sozinha e levou o Scout junto com ela. Sobrou somente uma Norra full contra 2 Lok e apenas 1 Harpoon, justamente o que guardei para ela. O Gilvan foi manobrando e recuperando shield com a Norra e batendo nos Loks, percebi que esta situação não seria nada boa para mim e fui pra cima da Norra passando por meteoro e tudo que tinha na frente. No último engage um dos Loks apanhou de novo e conseguiu devolver já que estava com mira e o Lok kamikaze conseguiu confirmar um crítico que triggou a condição do Harpoon na Norra e que trouxe o título regional para uma lista muito imptovável.

10) Para fechar, como poderia melhorar sua lista tendo jogado o regional?

Resposta: Acredito que seja uma lista muito ajustada, com 100 pontos e cada melhoria que está ali precisa realmente estar e fazem a diferença na partida.

Segue a lista que o campeão usou no torneio:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *