A base para comandar!

Em Star Wars: Legion, cada jogador terá uma mão de sete cartas de comando cuidadosamente escolhidas. Essas cartas de comando devem ser selecionados antes do início do jogo, como parte da construção do seu exército. No início da rodada, você escolherá secretamente uma das suas cartas de comando e a revelará ao mesmo tempo que seu oponente. Essas cartas de comando determinam qual jogador tem prioridade para a rodada e quantas ordens você pode emitir para suas unidades.

Quatro das cartas de comando incluídos no Core Set são neutras e podem ser usadas por qualquer exército, independentemente da facção. Essas cartas são: Ambush, Push, Assault e Standing Orders. Estas cartas de comando neutras são bastante diretas. Uma carta mais rápida, como Ambush, oferece uma melhor chance de ganhar prioridade, mas só permite que você ative uma única unidade. Por outro lado, uma carta como Assault é mais lenta, mas permite emitir ordens para três unidades! A exceção é Standing Orders. Esta carta de comando é mais lenta e apenas ativa uma unidade … mas você pode devolvê-la à sua mão no final da Fase de Comando. Todos as outras cartas de comando só podem ser usados uma única vez durante o jogo. Se você não deseja potencialmente desperdiçar uma das suas cartas de comando jogando-a muito cedo, Standing Orders podem permitir que você mantenha todas as suas cartas de comando e seja mais estratégico.

As cartas de comando neutras podem constituir uma base útil para a estrutura de comando do seu exército, mas as cartas de comando mais críticas e impactantes são as de seus comandantes. Todo comandante da Star Wars: Legion tem três cartas de comando pessoais que vêm com ele. Enquanto esse comandante estiver no seu exército, você tem a opção de usar seus cartões de comando: apenas mais uma maneira de levar o espírito do seu comandante aos seus jogos.

O poder do Lado Negro

O poder de Darth Vader como guerreiro nunca pode ser exagerado. Entre sua maestria do lado negro e suas habilidades com um sabre de luz, Darth Vader é capaz de cortar dezenas de Rebeldes com facilidade, como vimos nas cenas finais de Rogue One. Ainda assim, Darth Vader também é um comandante poderoso, usando táticas afiadas durante o caos das Guerras Clônicas, e essas estratégias são refletidas nas três cartas de comando pessoais de Darth Vader.

Talvez a maior fraqueza de Darth Vader em seus jogos de Star Wars: Legion seja seu baixo movimento, que pode dificultar para que ele entre em alcance para usar de forma devastadora seu sabre de luz. A carta de comando mais rápida do Darth Vader, Implacable, oferece uma alternativa para isto. Ao jogar Implacable, você tem uma ótima chance de ir primeiro, deixando você correr para a frente com o Darth Vader e entrar em combate corpo a corpo. Na verdade, para o seu oponente, parece que o Darth Vader é imparável – no final de sua ativação, Darth Vader pode sofrer um dano para embaralhar seu token de ativação no pool de ordens, ganhando uma segunda ativação quando você o ativar novamente. Embora ele só possa tomar uma ação em sua segunda ativação, isso é mais do que suficiente para se mover e atacar com sua habilidade Relentless.

Enquanto Implacable traz o foco da batalha para Darth Vader, você pode se concentrar no resto do seu exército com New Ways to Motivate Them. Afinal, Darth Vader está perfeitamente disposto a fazer um exemplo de algumas tropas para inspirar maiores resultados no resto do exército. New Ways to Motivate Them permite emitir ordens para duas unidades de infantaria e, sempre que uma dessas unidades ativar, pode sofrer um de dano para realizar uma ação gratuita! Perder uma figura de sua unidade nunca é fácil, mas se isso significa que suas unidades podem se mover, apontar e disparar em uma única ativação, o impacto mais do que vale a pena.

Finalmente, você pode trazer o verdadeiro poder do lado escuro para suportar o seu oponente com Master of Evil. Embora este seja a carta de comando mais lenta de Darth Vader, ela lhe oferece mais ordens: ativar tanto Darth Vader quanto mais duas unidades. Master of Evil concede instantaneamente a Darth Vader um token de dodge, mantendo-o pronto para desviar todos os tiros de laser que venha tomar. De fato, a visão de Darth Vader pode ser tão assustadora que seus inimigos podem se virar e fugir assim que ele chegar perto. Master of Evil também força cada unidade de infantaria inimiga dentro do alcançe 1-2 de Darth Vader a colocar três tokens de supressão quando ele agir. Como vimos no nosso preview de combate, os tokens de supressão podem forçar as unidades inimigas a se acovardar e perder ações – ou mesmo quebrar e fugir para a borda do campo de batalha.

O Retorno do Jedi

Como Darth Vader, Luke Skywalker vem com seu próprio acervo de três cartas de comando, começando por Son of Skywalker. Se você precisa enviar Luke Skywalker direto ao combate para cortar um AT-ST ou um esquadrão de Stormtroopers antes que eles possam ativar, Son of Skywalker é a carta de comando perfeita. Ela lhe dá uma ótima chance de ganhar a prioridade, e depois que Luke Skywalker realiza seu primeiro ataque, ele pode realizar imediatamente um ataque adicional. Claro, a desvantagem desta carta (como com Implacable) é que você só pode emitir uma ordem ao seu comandante, deixando o resto do seu exército sem ordens no início da rodada. Ainda assim, a quantidade de dano que você pode causar com os dois ataques de Luke Skywalker no inicio da rodada certamente pode superar a falta de ativação do resto do seu exército.

Você pode usar o poder da Força para proteger as outras unidades do seu exército com a segunda carta de comando de Luke Skywalker, My Ally Is the Force. Esta carta de comando pode emitir ordens para duas unidades de infantaria e, quando essas ordens são emitidas, suas unidades também ganham um token de esquiva. Tokens de esquiva tornam suas unidades mais difíceis de derrotar, e a habilidade Nimble do Rebel Troopers torna-os um alvo natural para My Ally Is the Force.

A carta final de comando de Luke Skywalker é Return of the Jedi, e de muitas maneiras, esta carta é um reflexo da carta Master of Evil de Darth Vader. O Return of the Jedi também é uma carta de comando mais lenta, que permite emitir ordens para Luke Skywalker e outras duas unidades. Ela concede imediatamente a Luke Skywalker um token de esquiva, ativando a habilidade Deflect que ele compartilha com o Darth Vader. A diferença é que, enquanto Darth Vader inflige medo através de ataques de supressão em unidades inimigas, a presença heróica de Luke Skywalker permite que você inspire suas próprias tropas. Sempre que Luke Skywalker ativar com Return of the Jedi, os soldados próximos podem remover um token de supressão, mantendo o moral alto e seus soldados prontos para a ação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *