Veteran Instincts 12 – Netdecking

Veteran Instincts 12 – Netdecking

No episódio desta quinzena os cariocas Herbert Parasio e Bruno Pugliese comentam sobre listas que estão jogando, resultados dos últimos nacionais pelo mundo e sobre o treteiro Netdecker.

 

Download do episódio: AQUI!

3 comentários em “Veteran Instincts 12 – Netdecking

  • 10/03/2017 em 7:49 am
    Permalink

    Olá Senhores !!!

    Ótimo podcast. Adicionando meus 2 cents, gostaria de complementar com exemplos o que disseram durante o podcast sobre só voar a lista. Tenho tido bons resultados voando lista de 4 naves rebeldes parecidas com Fairship Rebels; então pensei comigo que assumir o FSR com a chegada do Lowrick ia ser muito bom – só que não foi. Sim, os resultados apareceram (fiz 3-2 sem nunca ter jogado antes com a build, vencendo oponentes dificeis como o Jobz e perdendo pra outros igualmente dificeis como o Leandro Grego), e jogando a meu ver da forma adequada (exceto nesse jogo com o Leandro, onde fui testar uma teoria – e me digam se eu deveria fazer teste em torneio… fora que teve assédio moral também !!!! :D) . Só que pessoalmente esse estilo puramente defensivo não me agradou – e não sou esses babacas que acham que o jogo tem que ser jogado ou coisa assim, gosto de ganhar como todo mundo e se pego um time sigo a filosofia pra vencer – mas basicamente entendi que havia outras formas de ganhar que me agradavam mais. Perdi um pouco de eficiencia, mas o time se ajustou tão bem a meu estilo de jogo que consegui chegar até a final da Liga (entre outros bons resultados que o time me trouxe). Engraçado que no video comentado do top 8 o Leandro ainda falou que o time que eu estava antes parecia mais equilibrado, mas mesmo assim o time que eu usei nos Top X rodou melhor na minha mão e me levou a tal final.

    Além desse exemplo tem o Kannan Biggs; a Ghost foi meu primeiro prêmio de torneios (na Next Turn ano passado logo que ela saiu), então tenho um carinho todo especial por ela. Joguei Ghost com Millenium, Ghost com Miranda, Ghost com Ghost… e como já estava jogando com 4 naves desde que saiu o Rex, vi os vídeos, peguei a lista e vamo embora pro torneio. Foram 4 derrotas e 1 mísera vitória na primeira partida porque o cara jogou a Decimator pra fora da mesa. Ok, não sou um top ace como Parasio, Diogomator, Jobz e Panda, mas caraca, não ganhar nem nas mesas debaixo ? Considero que eu sei jogar de Ghost e sei jogar de Biggs, mas simplesmente a build novamente não combinou com meu estilo jouster. Claro que a lista é boa, mas para usa-la eu teria que treinar quando sair do arco, quando entrar pra primaria e coisas que eu basicamente não tinha feito – teria que treinar com ela antes de colocar na mesa.

    O netdecking também é importante para que você observe suas fraquezas e expanda sua capacidade de jogar de outras maneiras. Hoje fiz um time de Vader, Quickdraw e Omega Leader, que como os treinos demonstram não deve me levar muito longe. Mas estou começando a entender o XWing Arc Dodger (que meu amigo, pra quem usava 1 pra frente pra vitória é basicamente um jogo completamente diferente – vários turnos eu olho pra mesa e nem sei o que fazer com meus dials). Mas estou adquirindo habilidades que não tinha, por ter percebido que não saber jogar com algumas coisas me limitava. Até hoje não usei o Dash – usei mais o Wild Space Fringer do que ele, pra se ter uma idéia. Nos livremos dessas amarras, porque realmente o treino conta – muitas vezes mais que a Build.

    Resposta
  • 10/24/2017 em 5:30 pm
    Permalink

    É impressão minha ou o EP 13 tá atrasadão?

    Resposta
  • 11/07/2017 em 1:50 pm
    Permalink

    Por favor, não desistam!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *